Scroll Top

Aprenda tudo que você precisa para criar o seu negócio na internet.  São 30 vídeos aulas totalmente gratuitas. Basta se cadastrar em um de nossos formulário.

Blogs e Sites

Otimização de Sites: 6 Regras Infalíveis Para Seu Site Aparecer No Google (Não Ignore a #4)

otimização de sitesA otimização de sites é fundamental para uma boa indexação da url nos mecanismos de buscas. E, facilita a demostração do conteúdo junto as demandas orgânicas para o termo pesquisado.

Quem nunca teve um artigo bem escrito como este, com belas imagens e que custou dias de trabalho, pesquisas e algum dinheiro? Mas, não apareceu em nenhum mecanismo de busca?

Eu creio que todos já passamos por isso, não é verdade?

Este é um problema que pretendendo te ajudar a solucionar. Mas para que você tenha o sucesso que almejamos, primeiro é preciso ler todo o conteúdo, depois, aplicar tudo que é ensinado.

Também quero desmistificar alguns elementos que são usados em SEO para aumentar a velocidade de indexação mas que não afeta em nada.

Você vai aprender com este artigo:

  • Construir a Arquitetura da Informação de um Site
  • O Que é e Como Criar Uma URL Amigável na Otimização de Sites
  • Definir a URL Canônica para os Mecanismos de Buscas
  • A Relevância do Conteúdo para os Buscadores
  • Criação de um SITEMAPS que Realmente Index as URLs
  • Programação do Arquivo Robots com o Uso de Metatags
  • Bônus, os Mitos que Podem Prejudicar o Seu Site

 

Regra #1 – Construir a Arquitetura da Informação de um Site

otimização de sitesEsta é uma das regras indispensáveis para que um site seja indexado nos mecanismos de buscas.

Antes vamos ver uma estatística que mostra a participação de cada buscador brasileiro no total de buscas da internet.

1. Google Brasil: 94,3%

2. Google.com: 2%

3. Bing: 1,7%

4. Yahoo! Brasil: 1,1%

5. Ask: 0,5%

Observe que o Google continua líder, mesmo com uma oscilação que ficou entre 90,21% em 2011 a 94,3% de 2014. Mas o Google já atingiu o teto acima de 98% das buscas na internet do Brasil.

Com a chegada dos dispositivos móveis, o Google perdeu espaço para outros buscadores criados pelos fabricantes como a APPE.

Comparando que em 2011 o Google caiu para 90,21% das buscas na internet efetuadas pelos brasileiros. Onde, são mais de 100 milhões de dispositivos conectados na internet, que somam uma participação de 90,21 milhões do Google e 9,79 milhões para os outros buscadores.

Mesmo com uma alta de 4% em 2014, não podemos desprezar estes outros quase 10 milhões de usuários do período de 2011, que ainda poderão mudar de serviço e encontrar o nosso conteúdo nestes buscadores menos usados.

Dica 1 –  Defina a Arquitetura do seu Site para os Mecanismos de Buscas

O processo para que um site seja exibido nos mecanismos de buscas começa com a identificação, rastreamento e indexação no banco de dados.

Mesmo com o avanço da tecnologia dos sites de buscas que ampliaram as suas capacidades de localização e indexação de sites em seus resultados de pesquisas.

Ainda é necessário facilitar este trabalho, que também servirá como um índice de qualidade do seu site para os buscadores.

A Arquitetura de um Site é Composta:

# Pela URL principal, ou seja, o domínio mais complemento da página;

# Links internos, interligando os artigos (posts), ou páginas com palavras âncoras associadas ao conteúdo;

# Links externos, que servirão tanto para entrada do motor de buscas no site como para a saída.

Dica 2 – Entenda o Processo de Ligações do seu Site

A existência de links dentro de um site, afeta a sua reputação para os mecanismos de buscas.

A otimização de sites não pode ser baseada apenas em palavras chaves, mas também nos links usados.

Portanto, use links de qualidade e bem organizados. Estes links transmitem autoridade para as páginas atribuídas.

Este processo é conhecido como Link Juice e pode ser controlado pela tag “nofollow”. Quando não se emprega essa tag em um link, o site passa autoridade.

Portanto se tem um link que não deseja passar autoridade, use a tag “nofollow” como modelo abaixo:

<a href="coloque o link aqui" rel="nofollow">Palavra Âncora</a>

Desta forma não passará Page Rank para as páginas linkadas.

Dica 3 – Páginas que Devem ou Não ter Nofollow em seu Site

Usar Nofollow:

  • Login
  • Cadastro/Registro
  • Logo
  • Contato
  • Política de Privacidade/Termos de Uso
  • Comentários
  • Links de Afiliados

Sem Nofollow:

  • Sites/Blogs de Referências
  • Artigos/Páginas Internas
  • Imagens

Regra #2 – O Que é e Como Criar Uma URL Amigável na Otimização de Sites

otimização-de-sites-criar-urlUma URL amigável é aquela que representa um conteúdo e não apenas um conjunto de caracteres ou números.

A estrutura de um URL amigável é modificada da sua forma original em conformidade com o conteúdo para a qual é designada.

A URL amigável faz parte de uma otimização de sites tanto quanto o posicionamento das palavras chaves.

Dentro da estrutura de uma URL amigável é preciso ter:

  • O domínio principal
  • A palavra chave principal
  • Ser relacionada com o conteúdo.

Não vou falar aqui sobre requisição de navegadores e servidores ou algo parecido. Pois, o meu objetivo é ser o mais específico possível.

Veja  abaixo como é uma URL não amigável, ou em sua forma original:

http://www.criarnegociosonline.com/?p=123
http://www.criarnegociosonline.com/id=123
http://www.criarnegociosonline.com/2015/07/post-exemplo/
http://www.criarnegociosonline.com/categoria/123
http://www.criarnegociosonline.com/post-exemplo/

 

Muito estranho não é? Por isso, precisamos melhorar a aparência destas URLs para facilitar a compreensão do usuário e dos mecanismos de buscas.

Estas URLs terão a seguinte aparência:

http://www.criarnegociosonline.com/nome-da-pagina
http://www.criarnegociosonline.com/nome-da-categoria/nome-da-pagina
http://www.criarnegociosonline.com/contato
http://www.criarnegociosonline.com/ganha-dinheiro/como-ganhar-dinheiro-na-internet

Para transformar as URLs originais em amigáveis, basta fazer uma pequena configuração em seu painel de controle do WordPress.

Acesse o seu painel de controle do WordPress e no menu esquerdo, clique em Configurações/Links Permanentes

Depois marque a opção Nome do Post, salve. Pronto! seu site irá apresentar apenas URLs amigáveis agora.

Confira a configuração na imagem abaixo:

url-amigavel

Regra #3 – Definir a URL Canônica para os Mecanismos de Buscas

url canonicaAntes de falarmos de URLs Canônicas em nossas regras de otimização de sites, precisamos falar sobre conteúdo duplicado.

Por que a grande maioria dos sites tem conteúdo duplicado?

Por causa da estrutura usada na otimização de sites. Estas estruturas são compostas por:

  • Domínio Principal
  • Tags
  • Categorias
  • Nome da Página ou do Post

Veja um exemplo de 3 URLs com o mesmo conteúdo usando a organização citada acima:

Estrutura da URL:

http://www.criarnegociosonline.com/tag/nome-da-pagina
http://www.criarnegociosonline.com/categoria/nome-da-pagina
http://www.criarnegociosonline.com/nome-da-pagina

URLs criadas a partir da estrutura acima:

http://www.criarnegociosonline.com/dinheiro/como-ganhar-dinheiro
http://www.criarnegociosonline.com/ganhar-dinheiro/como-ganhar-dinheiro
http://www.criarnegociosonline.com/como-ganhar-dinheiro

Note que são 3 URLs diferentes, mas contendo o mesmo conteúdo. Com isso, os mecanismos de buscas entendem que são 3 páginas com o mesmo conteúdo.

Aqui entra a necessidade de uma Canocidade da URL.

Canocidade é uma forma de definir uma URL principal e ignorar as demais. Essa otimização visa eliminar os tão temidos conteúdos duplicados.

A URL definida como Canônica será a que os sites de buscas irão indexar.

Para definir a URL Canônica, é muito simples. Basta instalar o Plugin Yoast Seo, que é gratuito e pode ser feito no painel de Plugins do WordPress.

Após instalar e ativar o Plugin, na edição do post ou artigo, selecione na parte de baixo do artigo a opção Avançado e coloque no campo URL Canônica a URL que deve ser indexada e priorizada pelos mecanismos de buscas.

Veja exemplo na imagem abaixo:

url-canonica

Regra #4 – A Relevância do Conteúdo para os Buscadores

Uma boa otimização de sites requer um bom texto, mas, não pode ser qualquer tipo de conteúdo. Tem que ser relacionado com as necessidades do usuário.

Veja abaixo como criar um conteúdo bem otimizado para os mecanismos de buscas e conquistar muitos admiradores para o seu site ou blog:

– Tipo de Conteúdo

Muitos redatores escrevem muito bem, mas não tem a menor ideia do que estão escrevendo.

Escrever sobre ganhar dinheiro na internet é muito mais amplo do que apenas um simples texto.

Veja aqui alguns fatores que precisam ser considerados quanto ao tipo de conteúdo:

  • Conteúdo Informativo

Tem o objetivo único de informar o leitor sobre qualquer assunto. Este conteúdo não deve conter conotações de vendas. Pois será ignorado pelo usuário assim que perceber o principal objetivo do editor.

  • Conteúdo Tutorial

Assim como o conteúdo informativo, este também não deve conter vendas. É um conteúdo que tem a finalidade exclusiva de solucionar alguma dificuldade do usuário. Exemplo: Ensinar a criar um blog.

  • Conteúdo de Vendas

Este é próprio para vender algum produto, mas deve ser bem sucinto, pois, o objetivo é entregar valores para o usuário, e apresentar um produto relacionado ao conteúdo e depois deixar que decida pela compra.

  • Conteúdo Científico

Muito usado para atender as necessidades de acadêmicos e alunos de escolas. Não é fácil  produzir, pois precisa de muito conhecimento técnico. As informação precisam ser bem claras e no caso de experiências, é preciso usar imagens ou vídeos.

  • Conteúdo Fictício

É um conteúdo imaginário, mas ainda deve conter valores para o usuário. Neste tipo de conteúdo entra as histórias imaginárias, poesias, mensagens etc…

– Formato do Conteúdo

Todo conteúdo precisa ter o seu formato relacionado com o tipo. Estão entres os formatos de conteúdos: Os Vídeos, Áudios, Ilustrações, Imagens, Textos etc…

– Titletag

A Titletag é o título da página, ou seja, as tags H1, que deve conter as palavras chaves mais relevantes da página.

A palavra chave principal deve ser posicionada bem no início do título. Isso facilita o entendimento dos buscadores que irão relacionar aquela palavra com o conteúdo.

– Palavras Chaves

Todo o conteúdo deve conter no mínimo 1% da palavra chave principal. Que precisa ter conformidade e concordância sem prejudicar a leitura.

A palavra chave deve ser introduzida em pelo menos um dos subtítulos da página, conforme vamos falar mais abaixo.

– Headingtags

Headingtags são os subtítulos das páginas. Essas tags são formadas pelos caracteres H2, H3, H4, H5.

É preciso seguir uma hierarquia. Se usar H3 no início da página, não se deve usar H2 nos subtítulos posteriores.

Pelo menos um destes subtítulos deve conter a palavra chave principal do conteúdo.

– Links Internos

São as ligação de páginas dentro do site mas que tenha conteúdos relacionados. Essa otimização facilita o rastreamento dos mecanismos de buscas dentro do site.

Esta lincagem transfere reputação entre as páginas do site. Por isso, é muito importante pensar no texto Âncora de cada link que deve conter a palavra chave principal da página.

– Otimização de Imagens

Todas imagens usadas devem ser otimizadas para uso específico na internet. As tags alt devem conter a palavra chave principal do conteúdo.

Os mecanismos de buscas não vêem imagens e nem vídeos. Por isso, os nomes dos arquivos e tags devem ser bem pensados e estar de em pleno acordo com o conteúdo.

– Otimização de Vídeos

Assim como nas imagens, os vídeos também tem sua parte de texto que deve conter a tag alt com a palavra chave principal do conteúdo.

 

Regra #5 – Criação de um SITEMAP que Realmente Index as URLs

SitemapApesar dos mecanismos de buscas serem programados para indexar qualquer site que esteja online. É preciso facilitar esse trabalho.

O Sitemap tem uma função muito importante nesta tarefa de otimização de sites .

Além de facilitar o acompanhamento pelo editor na indexação de todas as páginas do site, ainda entrega tudo muito bem organizado para os motores de buscas.

O Sitemap também mostra o que exatamente deve ser indexado. Ou seja, todas as páginas do site.

Para impedir a indexação de alguma categoria ou tag, pode-se usar a canonização de URLs, como mostramos na Regra #3. Neste caso,  evita o temido conteúdo duplicado.

O plugin Yoast Seo  pode auxiliar na criação do Sitemap do seu site. Clique Aqui e veja um vídeo onde eu ensino como fazer.

(Para Assistir, avance o vídeo para o tempo de 22 minutos, onde eu falo sobre a criação do sitemap.)

 

Regra #6 – Programação do Arquivo Robots com o Uso de Metatags

Arquivo Robots

Nesta regra, não precisamos entrar em muitos detalhes já que a criação do artigo Robots não é tão complicada.

Também não precisamos entender muito daqueles códigos complicados. Vamos mostrar apenas os mais importantes.

As instruções do arquivo Robots.txt devem ser bem claras, pois, são regras utilizadas na otimização de sites, que orientam os motores de buscas quanto sua indexação.

Veja abaixo as principais regras usadas no Robots.txt e suas funções:

  • User-agent

Lista e define quais robôs de buscas podem rastrear o site. Você pode definir para todos os mecanismos de buscas usando apenas um (*) na frente da regra ou o nome do site de sua preferencia.

  • Disallow

Esta regra define quais pastas ou diretórios devem ser excluídos na indexação.

Para usar essa regra você deve conhecer muito bem qual o conteúdo de cada pasta.

  • Allow

Ao contrário da regra anterior, esta dá permissão para pastas e subpastas. Caso você queira indexar apenas parte do conteúdo de uma pasta, deve-se usar as duas regras: Disallow e Allow.

  • Sitemap

Esta regra mostra para os motores de buscas onde está localizado o Sitemap do seu site. É muito simples, mas de suma importância.

 

Como você pode ver são poucas as regras, mas se for usadas inadequadamente pode bloquear páginas e artigos do seu site para os mecanismos de buscas.

Para facilitar o seu entendimento eu fiz um vídeo onde mostro como criar o arquivo Robots.txt e o uso correto de todas essas regras. Clique Aqui e avance o vídeo para o tempo de 25:50 minutos para assistir a aula.

Regra #6 – Bônus, os Mitos que Podem Prejudicar o Seu Site

mitos e verdadesVamos falar agora sobre alguns mitos que muita gente acredita que podem prejudicar a indexação ou posicionamento de um site nos mecanismos de buscas.

São Eles:

– > Erros 404 prejudicam a indexação ou posicionamento do site?

Muita gente trabalha por horas tentando redirecionar os erros 404 em um site temendo algum problema com os mecanismos de buscas.

Onde, na verdade, o erro 404 é apenas uma informação de que a URL acessada não existe, essas URLs serão desindexadas em algum tempo.

Portanto esse erro 404 não afeta em nada o seu site e não precisa ser redirecionado apenas com o objetivo de aproveitar futuras visitas, pois, mesmo que a URL não seja desindexada, o site não perderá relevância e posicionamento para os mecanismos de buscas.

Deve-se ter muita atenção em uma otimização de sites é com os erros 404 Soft. Que são aquelas URLs que não retornam erro 404, mesmo não existindo mais. Retornam outro tipo de Status, em alguns casos podem retornar até mesmo o erro 200 que é conteúdo existente.

Isso pode confundir os motores de buscas. Neste caso sim, todo o site é prejudicado.

– > O arquivo Robots Pode Impedir a Indexação de uma página?

Muitos administradores utilizam na otimização de sites o arquivo Robots.txt para impedir que os mecanismos de buscas indexem alguma página.

Mesmo que os motores de buscas sejam impedidos pelas regras do Robots.txt de indexar alguma página, eles podem fazer essa indexação de outras formas, seja no site ou na Web.

Portanto, se o administrador deseja que alguma página ou conteúdo não seja indexado. Deve-se proteger o diretório por senha.

– > Uso das Metatags Melhoram o Posicionamento e a Indexação de Um site?

Adicionar Metatags no cabeçalho ou na Head de um site não influenciam em nada no posicionamento. Apenas facilita a localização de palavras chaves para os mecanismos de buscas.

Muitos acreditam que usando as Metatags e Metatags Description na otimização de sites, com as principais palavras chaves, podem melhorar o posicionamento.

Isso também é mito. Mas ajuda na indexação.

– > Conteúdos Duplicados Internos Geram Punição?

Os títulos ou conteúdos duplicados podem ser solucionados com o uso da URL Canônica mostrado na Regra #3.

Mas caso, isso não seja feito. O site não sofrerá nenhuma punição por causa disso. O conteúdo duplicado receberá apenas uma divisão de autoridade pela quantidade de títulos usados.

Os mecanismos de buscas farão apenas uma seleção do título que mais se adeque ao conteúdo e posicionará aquela URL.

Espero ter contribuindo com o seu aprendizado através deste artigo e caso tenha gostado, peço que compartilhe com os seus amigos usando algum dos nossos botões de redes sociais.

Assine um de nossos formulários para receber as nossas atualizações. Não enviamos SPAM .

Deixe o seu comentário ou dúvida logo abaixo.

Está Gostando do Artigo?

Se inscreva em nossa lista e receba 30 vídeos aulas grátis, ensinando como criar o seu negócio na internet a partir do zero.

| Website

Sou blogueiro por que gosto de ler e escrever. Criei este blog para te ajudar a criar o seu negócio na internet e ter um novo estilo de vida.

  • Lima

    Hi Euripedes,

    Muito bom artigo. Vou aplicar num site que estou elaborando. Fiquei a saber nesta semana que o google nao está mais considerando os backlinks para pontuar sites para ganhar ranking. O que me disseram é que estao a considerar com muito mais relevancia o conteúdo. Sabe algo sobre isso?

    • Os backlinks continuam tendo o seu valor, mas tem que de qualidade. Quanto ao conteúdo, os robozinhos do Google não conseguem ler o conteúdo para avaliar. O que o algorítimo faz é criar uma enorme fonte de dados, incluindo interatividade, tempo do usuário na página, engajamento, sinais sociais, e quantidade de acessos que a pagina recebe. Isso faz com que o algorítimo crie um parâmetro que aponta para um conteúdo de qualidade. Mas antes eles fazem alguns testes posicionando e avaliando a quantidade de cliques que a pagina recebe juntamente com as informações colhidas acima.
      Espero ter esclarecido a sua dúvida.

  • Ola! Euripedes

    legal o artigo eu tenho muita dificuldade com esta parte de otimização, já pensei em contratar uma assessoria mas os preços são salgados, vou seguir suas dicas, afinal foi você que me indicou o FNO, e estou trabalhando duro para me tornar uma empreendedora digital.
    Forte Abraço

    • É isso ai mesmo Sônia. Somente com muito trabalho para conseguir chegar ao sucesso. Parabéns pelo seu esforço.

  • Jairo Kleiser

    Parabéns ótimo artigo

    • Obrigado, realmente espero poder contribuir com algo mais para vocês.

  • Amigo, bom dia. Gostaria de saber o que vc fez para que a foto da sua publicação ficasse com o tamanho grande. Exemplo: na página inicial a foto (imagem destacada) aparece normal, no seu tamanho padrão (miniaturas) , mas eu quero que quando o visitante clique na opção “LER MAIS” a foto que está no meu do texto fique grande. Entendeu?

    no seu site tá normal, qdo eu clico para ler todo o conteúdo da publicação a foto aparece grande. Gostaria de saber onde vc configurou, pois já configurei para ela exibir no tamanho original e mesmo assim continua pequena. dede já lhe agradeço e aguardo respostas!

    Obs.: o grande detalhe é que qdo configuro la em biblioteca para que a foto da postagem fique com o tamanho padrao que é 600 px de largura e atualizo , a foto da publicação invade o side bar, mas nao fica na publicação no topo como configuro. Vale lembrar que o tamanho do espaço da publicação é maior do que 600 px de largura, assim como no seu blog

    • Eu faço a imagem com 600 pixels de largura e subo para o site. Seleciono a opção de mostrar imagem no tamanho real. Para aparecer na miniatura da index eu apenas seleciono na lateral de edição do artigo a imagem a ser destacada, Essa imagem que irá aparecer na index e nas redes sociais.

    • Céll

      Sim, é exatamente desta forma que faço, porém, não fica na publicação. Mistura com o primeiro banner do side bar quando eu centralizo ela. Quando configuro pra que ela fique na esqueça aparece na direita algumas palavras do primeiro paragrafo do artigo numa largura que não cabe 3 letras, mas mesmo descendo as palavras a imagem não se ajeita sozinha na publicação. Isto nunca me aconteceu nem no Blogger.Será que isto é pq não ativei o jetpack, ou o https://mythemeshop do Ribon?
      No mais, agradeço pela sua atenção e parabéns pelo profissionalismo. Tenha a certeza de que tudo que vc faz no sentido de ajudar o próximo volta pra si mesmo em 10 vezes mais. Abraço!

    • Tente desativar todos os plugins, se funcionar. O Problema está em conflito com algum plugin. Para saber qual plugin está dando conflito, reative um a um até encontrar o que está dando conflito.

    • Céll

      Sim, vou fazer isto Euripedes, quem sabe dá certo né. Aproveitando a oportunidade, gostaria de saber qual o plugin que vc usa para fazer essas “caixas” de links acima, na opção “Estrutura da URL”. Aguardo respostas e mais uma vez parabéns!

    • Se você estiver falando do conteúdo de links no artigo, eu não usei nenhum plugin. Mas se tiver falando da configuração para criar a URL limpa, eu configurei o próprio WordPress como mostrado no artigo.

  • Rian

    Amigo, parabéns por este artigo de qualidade que agrega muito valor ao
    nosso aprendizado. Aproveitando a oportunidade, já que esse tema que vc
    usa é o mesmo escolhido por mim depois de assistir as suas aulas no
    youtube, gostaria de saber o que faço para remover a palavra “Arquivos”
    no título do meu post, na opção categoria do meu site. Pois observo que
    toda vez que clico em alguma categoria e até mesmo quando pesquiso pelo
    meu site no google vejo que lá está a palavra “Arquivo” junto com o
    título do meu post. Por favor, me ajude, pois já varri toda internet a
    procura de uma solução para esse problema, mas, infelizmente não
    consegui até agora. Tenho certeza de que vc também passou por esse
    problema. Agradeço-lhe de coração, desde já agradeço e aguardo
    respostas. Que Deus lhe pague!

    • Respondi essa questão não mensagem anterior.
      Desculpe pela demora, pois estou muito atarefado.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
error: Este conteúdo está protegido ! Se precisar de alguma coisa envie mensagem pelo formulário de contato.